UCA_Maranhão

UCA_Maranhão

quarta-feira, 3 de abril de 2013

Um ano de avanços para o UCA e para a educação


Cerca de um ano depois do lançamento do projeto Um Computador por Aluno (UCA), grandes resultados foram alcançados pela educação no interior do Estado do Maranhão em termos de tecnologia educacional. 

Desde a inclusão e distribuição de laptops para estudantes e professores da educação básica, possibilitou-se a cooperação entre discentes e docentes das escolas municipais e estaduais do Maranhão.

De iniciativa do governo federal, o projeto é coordenado pela Universidade Federal do Maranhão (UFMA), por meio do Núcleo de Educação à Distância (NEaD), para possibilitar estratégias e logísticas pedagógicas de implementação do programa.

O projeto já está na sua terceira etapa e, atualmente, 10 escolas do interior do Maranhão já foram contempladas com o programa. 

“Cada módulo é um novo recurso da web 2.0 apresentado aos professores para que eles possam planejar suas aulas. A cada dois meses esse acompanhamento da UFMA é feito presencialmente nos interiores”, informa a coordenadora pedagógica do UCA, Francilene Duarte.

Um dos grandes avanços do projeto, segundo Francilene, é a implementação da atividade de Aluno Monitor. Ainda em expansão, a atividade consiste nos discentes participarem de uma capacitação, aplicando o planejamento elaborado pelo professor em sala de aula.

“Grande parte do sucesso desse projeto, deve-se a ajuda dos alunos monitores. Além da distribuição de atividades, há a troca de conhecimento deles entre os demais alunos. Isto ajuda bastante o aprendizado em sala de aula. Os conhecimentos em tecnologia, já conhecidos de alguns jovens, também se agregam ao conhecimento dos docentes”, afirma Francilene.

Por enquanto, duas, das 11 escolas (4 estaduais e 7 municipais), estão com a atividade do Aluno Monitor. Rosário, ainda em fase de formação, e Pinheiro, já funcionando efetivamente com os Alunos Monitores. A intenção segundo a coordenação do UCA, é expandir para as demais unidades escolares que participam do projeto.

No final de abril, o projeto retornará à cidade de Barreirinhas para a coordenação de mais um módulo e, no início de maio, irá até a cidade de Pinheiro para uma apresentação de uma aula revisada já com as ferramentas tecnológicas do projeto.


Fonte: Aline Alencar / NEaD-UFMA

Nenhum comentário:

Postar um comentário